Como ser um representante comercial?

Saber como ser um representante comercial não é lá uma tarefa tão difícil, mas, você está correto, é fundamental que você saiba tudo que precisa antes de se tornar um, afinal, conhecimento nessa área é importantíssimo para o crescimento.

A atividade principal do representante comercial é lidar com empresas, com produtos/serviços que você precisa, com o próprio nome sugere, representar. O que faz desta profissão ser difícil, ainda mais quando se está iniciando, é que a sua responsabilidade não é únicamente com o produto/serviço que você representa, mas também com o cliente.

É bom que você saiba que o mercado para essa profissão é extremamente amplo, então você consegue trabalhar com diversas empresas e dos mais diferentes nichos. Mas, uma coisa que você aprende sendo representante comercial é o quanto é bom ser seleto com os seus trabalhos.

No mais, é melhor você continuar lendo o conteúdo e ver quais são os passos necessários para você conseguir, de uma vez por todas, se tornar o representante comercial que você deseja.

Quais são as características para ser um representante comercial?

Para que você tenha certeza de que o que você quer ser é, de fato, um representante comercial, é fundamental que você conheça a profissão e saiba exatamente quais são as características e habilidades que você precisa reunir para conseguir exercer a profissional com total maestria.

Mesmo que algumas pessoas acreditem que saber isso é completamente dispensável, saiba que ter em mente as principais características dos profissionais da área e até mesmo as habilidades que você precisará desenvolver, é completamente necessário para que você tenha sucesso como um representante comercial.

Afinal, você já viu algum profissional começar em determinada área sem nem sequer saber o que a profissão pede? E ter sucesso ainda sim? Eu nunca vi.

Então, para que você saiba como ser um representante comercial, primeiro, você precisa saber quais são as características da profissão. Confira.

Profissionalismo

Existem pessoas que veem a representação comercial como uma forma de fazer um dinheiro extra, apenas por não ser funcionários de uma empresa e agir de forma autônoma. O que é um erro terrível, afinal, a representação comercial é uma profissão como qualquer outra que necessita de compromisso, dedicação e, principalmente, total profissionalismo.

Quando você atua de forma autônoma, você precisa estar em constante aprendizado. Fazer o possível para conseguir inovar e fazer um bom networking, é fundamental para que você monte uma rede de contatos e consiga, de fato, começar a conquistar o seu espaço.

Tenha uma ótima comunicação

Se você quer ser um representante comercial, ter uma boa comunicação é essencial para que você consiga construir relacionamentos com os seus clientes. E, bom, não é tão difícil de conseguir ter uma boa comunicação, na verdade, se você passar a ouvir seus clientes, entender suas necessidades e até mesmo ser cauteloso na forma de se expressar, já é um bom começo.

Antes de iniciar na profissão, treine bastante sua oratória, faça treinamentos e estude bastante sobre o mercado e sobre as vantagens do produto que você tem em mente para a divulgação. Acredite, saber como determinado produto poder ser útil para o cliente, irá te ajudar muito na sua conversa e, posteriormente, divulgação.

Saber negociar

Se você irá trabalhar divulgando e vendendo produtos/serviços para clientes em potencial, você precisa saber, ao menos, as principais técnicas de vendas e saber usar, muito bem, a persuasão.

Entenda que negociar com um cliente não é você suar para conseguir dar a maior porcentagem de descontos que você puder, mas mostrar o quanto aquele determinado produto/serviço pode ser útil na vida do seu cliente. Além de trazer ótimos resultados para ele.

Podemos dizer que, saber negociar é uma extensão do “ter uma ótima comunicação”, afinal, se você não souber se comunicar, você não consegue convencer o cliente de que está fazendo um bom negócio ao optar pelo que você está oferecendo. E, se você não conseguir fazer isso, você terá péssimos resultados.

Então, saiba negociar e, o melhor, saiba encontrar as soluções para satisfazer as necessidades do cliente. Lembre-se que a negociação, para ser satisfatória, precisa da sua proatividade.

Tenha um planejamento e uma boa organização

Um dos principais pontos que você deve saber em como ser um representante comercial é que o planejamento e uma boa organização valem ouro, ainda mais nessa profissão.

Se você está começando e será um representante comercial autônomo, é fato que você representará diversas empresas sozinho e, para que você tenha sucesso, é preciso deixar tudo em ordem.

Planejar e organizar sua rotina para conseguir lidar com estratégias, documentos e também vários relatórios facilitará sua vida, além de otimizar seu tempo e, claro, fazer com que você lucre ainda mais.

Ser legal na profissão: registro autônomo do representante comercial

Como qualquer outra profissão, estar devidamente legal é fundamental para que você consiga exercer sua função sem que tenha surpresas desagradáveis. Portanto, um dos passos de “como ser um representante comercial” é se legalizar.

Se você quer seguir a profissão, o primeiro passo é se cadastrar no Conselho Regional dos Representantes Comerciais (CORE) e, então, fazer o seu registro na Prefeitura de onde você reside.

O passo seguinte para que você seja legalizado, é se inscrever no INSS como profissional autônomo, para que você, mesmo sem nenhuma ligação à qualquer empresa, você tenha os seus direitos previdenciários garantidos e faça a contribuição de autônomo.

Se você quer ser um representante comercial que passe uma maior credibilidade e segurança às empresas, é interessante que você tenha um CNPJ. Mas, não é necessário que você tenha assim que começar na profissão, você pode ter um CNPJ a qualquer momento.

Já que estamos falando sobre legalização, é importante que você saiba que a representação comercial pode ser uma empresa que está como optante do Simples Nacional só não pode ser MEI, já que essa é uma profissão que é legalizada e exige o registro no CORE.

Além disso, se, futuramente, você quiser abrir uma empresa de representação comercial, para conseguir ampliar seu negócio e ter uma maior possibilidade de fechamentos, todos os funcionários devem estar cadastrados no Conselho Regional, ter CNPJ e, claro, sua empresa deve estar inscrita na Receita Federal para que você consiga realizar suas atividades de forma legal.

Conclusão: Conte com um contador para te ajudar a ser um representante comercial!

Se você chegou até aqui, sabe muito bem que o caminho para se tornar um representante comercial não é difícil, mas também não é tão fácil quanto parece ser.

Não paro de dizer e, novamente, vou ressaltar: a representação comercial é uma profissão igual qualquer uma outra, mesmo que dependa apenas de você para dar certo, existem obstáculos e você precisa focar e se dedicar para passar por eles e, claro, chegar no sucesso.

Para que você não tropece mais do que é necessário, é fundamental que você conte com um escritório contábil especializado na contabilidade para representantes comerciais e, ao invés de querer fazer tudo, você pode contar com profissionais da área para te ajudar onde você mais possuir dificuldade.

Conheça mais nossos serviços e solicite um orçamento [AQUI]

Contador, Especialista em Direito Tributário, Gestão e estrategia de empresa, atuante a 12 anos na aréa de Assessoria de Contabilidade, empreendedor, Palestrante, Atualmente Diretor Da The Control Contabilidade Online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chat
Enviar mensagem via WhatsApp
X