DICAS DE CONTROLE FINANCEIRO PARA CLÍNICAS MÉDICAS

O controle financeiro é parte vital de qualquer empresa, ainda mais quando se diz respeito às clinicas médicas, onde o cuidado se encontra presente a todo momento.

Como qualquer outro negócio o controle financeiro para clínicas médicas não pode ser negligenciado, pois ele é responsável por impactar sua clínica em vários aspectos, tanto positivos quanto negativos.

É muito raro um médico se dividir entre a rotina de consultas e atendimentos aos pacientes e fazer uma gestão em sua clínica médica, pois o trabalho já desempenhado ocupa grande tempo e nem sempre ele entenderá sobre todos os assuntos administrativos necessários para gerir a clínica.

Mas nada é impossível, há sim como conciliar as atividades e ter uma clínica que dê bons frutos. Acompanhe abaixo as dicas para fazer um controle financeiro correto de sua clínica médica.

  • Fluxo de Caixa

É fundamental que todas as movimentações financeiras de sua clínica médica sejam acompanhadas de perto. E é pelo fluxo de caixa que seus resultados serão evidentes.

Nele serão lançadas todas as informações necessárias para a gestão financeira.

  • Registro de Gastos

De primeira necessidade, é extremamente importante que todos os gastos feitos em prol da sua clínica médica sejam registrados.

Da mesma forma acontece com os lucros, tudo é necessário que haja um registro de entrada e saída. Isso facilitará o controle, seja ele quinzenal ou mensal, e não deixará com dúvidas na falta ou sobra de capital.

  • Nunca misture gastos pessoais com gastos da clínica

Não é segredo nenhum que separar o físico do jurídico é sua obrigação. O caixa de sua clínica médica não é sua carteira pessoal.

Por isso evite misturar suas contas com os gastos da empresa. Tento este controle pode evitar prejuízos e você não ficará perdido ao fazer os controles financeiros.

  • Sempre tenha um fundo de reserva

Nunca se sabe quando pode ocorrer alguma emergência, não é?!

E em alguns casos muitas clínicas médicas não possuem dinheiro disponível, que seja suficiente para cobrir os gastos.

Com o fundo de reserva, sua empresa poderá ser poupada de desfalques que poderiam prejudicá-la.

Tenha sempre um capital de reserva, ele poderá ser usado no momento que menos espera.

  • Tenha um consultor à sua disposição

Nem sempre é necessário que esta medida seja tomada, apenas se você tiver muita dificuldade para conciliar seus serviços médicos com a gestão de sua clínica.

Este consultor estará incumbido de cuidar de tudo o que diz respeito ao financeiro de sua empresa médica. Dará todo apoio para sanar suas dúvidas e regulamentará tudo o que diz respeito à área que ele está atuando.

Com seu acompanhamento junto a este profissional, sua clínica médica dificilmente terá gastos desnecessários e renderá bons frutos.

  • Faça Planejamentos

Não há nada mais prejudicial ao financeiro, seja ele pessoal ou jurídico, quando as ações são feitas sem estratégias de planejamento.

Tenha consciência de tudo o que vai realizar e tenha metas reais, possível de concluir.

Nunca fuja do orçamento disponível, e tenha previsão de todo seu faturamento. Quando o planejamento é feito com frequência, você, médico e empresário, terá uma boa visão de crescimento do seu negócio.

  • Busque novidades

Esteja sempre à frente de seu tempo, a melhor forma de conquistar novos pacientes é quando você, além de oferecer o melhor serviço de consultas, pode oferecer algum diferencial que o fidelize.

Invista em novas tecnologias, oferte planos acessíveis e sempre dê atenção aos seus clientes, pois ele é o maior responsável pela entrada de recursos financeiros de sua clínica médica.

  • Esteja disponível a se abrir aos novos conhecimentos de gestão financeira

Não basta apenas ter alguém disponível para fazer o controle financeiro para a clínica médica, lembre-se acima de tudo, a clínica é sua. Seja o maior responsável por ela, você é capaz de acompanhar de perto como ela está sendo gerida.

Isto não quer dizer que irá abdicar de suas funções médicas para cuidar da parte financeira, mas que irá entender do assunto toda vez que precisar tomar alguma decisão que seja delicada, que ela seja sensata a ponto de não prejudicar nenhum aspecto empresarial.

Pois bem, fazer controles financeiros para clinicas médicas não é um monstro de sete cabeças e nem requer ser alguém renomado, entendido do assunto.

Seguindo algumas dicas sua clínica médica irá prosperar, tenha certeza!

WhatsApp Chat
Enviar mensagem via WhatsApp
X